A maternidade e sua mudança de valores. - Juliana Infurna

Blog Posts

A maternidade e sua mudança de valores.

A maternidade nos transforma em outro tipo de mulher e é uma mudança tão súbita que muitas vezes demoramos a entender conscientemente o que está acontecendo. Talvez passemos a nos observar tomando decisões que seriam incabíveis outrora, agindo de forma repentina com base em nossa intuição e a seguindo mais o nosso coração.

Algumas mães se verão mudando de bairros, cidades ou até mesmo de país para darem uma melhor educação, segurança e saúde para seus filhos, outras mudarão ou largarão seus empregos para poderem se dedicar à maternidade, umas negarão cargos para terem mais tempo, enfim, não medindo esforços em tomar decisões coerentes com a mãe que cada uma deseja ser para seu amado filho.  

Sei o quanto esse processo pode ser complexo, às vezes difícil, mas julgo ser ao mesmo tempo maravilhoso.  Esse amor incondicional que experimentamos vira a nossa vida de cabeça para baixo, mas em contrapartida nos torna mulheres deslumbrantes, mais altruístas, humanas, sensíveis e amorosas.

Não é à toa que o Dia das Mães é um dos dias mais especiais do ano, não podia ser diferente.

A verdade é que ocorre uma grande mudança de valores quando nos tornamos mães. A pergunta “O que é mais importante na vida para você?” muda completamente de significado. Os conceitos de família, dinheiro, tempo são totalmente ressignificados gerando uma grande confusão em nossas cabeças.

A chave de valores é forte e vira tão rapidamente, que muitas vezes não acompanhamos. No meu caso, quando vi, estava deixando meu amado bebê numa creche e retornando à um trabalho que subitamente perdeu o significado para mim.

Eu morava e trabalhava numa cidade do interior do RJ e quando meu bebê teve um problema sério de saúde, eu o pus no bebê conforto do meu carro, com duas malas e simplesmente notifiquei meu chefe que estava indo para o Rio de Janeiro para dar uma melhor assistência médica para o meu filho e não tinha data para voltar. Corri o risco de perder o emprego, passei a morar no meu antigo quarto de solteira na casa da minha mãe e deixei uma casa recém comprada na cidade onde morava. E sabe? Não pensei 2x. Nessas horas agi como uma loba protegendo meu filhote.

Deus existe e orquestrou tudo para dar certo. Perdi algumas coisas para ganhar outras, ainda melhores. É preciso ter fé que tudo ficará bem, sobretudo quando estamos agindo com amor.

Só depois de quatro anos que resolvi a questão do trabalho inconsistente com meus novos valores.

Meu ponto é que nossos valores são a bússola que norteia a nossa vida e enquanto não vivermos em coerência com eles, estaremos frustradas e infelizes. É de suma importância senti-los, entende-los, prioriza-los e criar regras em nossas vidas para vivencia-los.

Acredito que a maternidade seja um chamado divino para ressignificações de valores necessárias em nossas vidas, pois de fato nos tornamos pessoas muito melhores depois de passar por esse processo constante de evolução.

Avante mamães! 

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: