Home - Juliana Infurna

Reconectando almas.
Remendando corações.

Se inscreva na nossa lista interna de leitores

e receba conteúdos inspiradores e exclusivos direto no seu e-mail

Conheça a nossa iniciativa de combate a solidão e ao isolamento emocional. O Kor-e é uma plataforma online que busca catalisar conexões reais e humanas em tempos modernos. Envolva-se como o projeto, se torne um amigo do Kor-e e saiba como você pode contribuir com a construção deste sonho. 

Comece sua jornada com estes downloads gratuitos.

Meditação da criança interior

Desbloqueie padrões negativos emocionais e restaure esta relação com o aspecto mais essencial e sábio do seu Ser.

Ebook: Projeção astral

Saiba tudo sobre o que é a projeção da consciência e como projetar sua mente para fora do seu corpo físico.

PDF: A consciência dos 7 chakras

Conheça os portais de consciência dos 7 Chakras e as chaves para desenvolvê-los.

Ebook: 100 frases

Baixe aqui 100 frases inspiradoras para iluminar os seus dias.

Conheça nosso Blog:

logo preta transparente 2
Terapia para almas despertas.

Olá, seja bem vindo...

Meu nome é Juliana Infurna e sou mãe do Arthur. Honro a maternidade pois a chegada de Arthur foi marcada pelo começo de uma série de transformações na minha vida, ali o cronômetro para retornar ao caminho da minha alma teve início. A chegada de Arthur neste mundo, assim como a minha, foi um “acidente” que mexeu com todas as bases, que na verdade… de acidentais, sabemos que nada têm.

Quando Arthur nasceu eu ainda estava imersa e focada na minha vida de executiva dentro do segmento de petróleo e gás no Rio de Janeiro. Era conhecida como “Margaret Thatcher” (a dama de ferro) no corporativo. Até então, meu único objetivo era ser bem-sucedida profissionalmente nesta indústria pois era neste lugar que eu sustentava e projetava todas as minhas necessidades emocionais e poder pessoal.

“Por acidente”, descobrimos uma doença neurológica no Arthur quando ele era bebê e lá estava eu, desesperada, aos 27 anos com um bebê de 8 meses, prestes a passar por uma neurocirurgia um tanto complexa. Por fim ele não precisou operar e sua cura foi proporcionada pela Alquimia, que marcou meu retorno para este caminho espiritual. Mesmo assim, após sua cura, consegui resistir à mudança por 4 anos, tempo sofrido que precisei para me autoconhecer e me curar de tudo aquilo que já não estava cabendo mais.

Até que, em 09 de novembro de 2015, eu dei o primeiro passo ao cometer o que chamo de “renúncias autoprovocadas” ou “derrocadas conscientes”, que são decisões infinitamente difíceis que significam abandonar máscaras ou identidades pelas quais nos sustentamos e nos protegeram por longos períodos de nossas vidas.